quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Você perdeu a sua vida meu irmão !



Ouvindo legião, Faroeste caboclo, peguei-me pesnsando durante todo o dia sobre esta frase que intitula o post: " você perdeu sua vida meu irmão". Intrigada, me perguntei o porque da perda; afinal perdemos todos os dias; perdemos pessoas, perdemos amores, perdemos momentos, perdemos palavras, perdemos dias de sol e dias de chuva; estamos sempre perdendo . Parece-me pessimismo, talvez o seja, mas também pode ser real, também pode ser verdade.
 Seria o pessimismo um antecessor do otimismo ? Até que não seria mal ter ao lado da perca, o sentimento de volta, o verbo ganhar , pois da mesma forma com que perdemos pessoas, horas, dias, momentos , estamos a todo instante ganhando pessoas, amores, horas, dias e momentos.
Queria mesmo era saber enxergar tudo o que ganhamos todos os dias, assim sendo seria mais fácil administrar o meu ser, administrar o que sinto,  afinal em dias difíceis não seria nada mal ter ao lado do pessimismo, o OTIMISMO, o nosso velho e bom otimismo, que nos dá de volta a ância de ganhar e o entendimento para perder !

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Enquanto isso, eu vou levando ...






Se na vida sempre há um lado positivo numa situação negativa, e um lado negativo numa situação positiva, porque a existência de um Brasil que não anda, que não desenvolve ? Porque a existência de crianças fora das escolas, no tráfico e nas vias públicas tentando ganhar seu sustento? Porque os pais destas crianças não conseguem emprego ? Porque seus irmãos roubam e seus primos se matam?
Será possível ver uma lado positivo em todas essas situações ? Será possível, conseguir enxergar pelo menos uma peculiaridade boa nisso tudo ?
Diante de tantos roubos, sejam eles materias ou meramente roubos de vida, furtos de alegrias, de amor , furtos de braços de pernas, ou mesmo os furtos de carteiras, será, eu me pergunto , será, que ainda há um lado positivo nisso?
Acho que não encontrarei a resposta, acho que só passando por uma violência, um furto, saberei se esta terá um lado produtivo em minha vida.

Enquanto isso, eu vou levando ....